domingo, 2 de dezembro de 2018

SIM, VALE A PENA ESPERAR EM DEUS

50 Tons de Esperar em Deus
Fifty Shades of Grey (br Cinquenta Tons de Cinza) é um romance erótico bestseller da autora britânica Erika Leonard James publicado em 2011. O primeiro livro de uma trilogia vendeu mais de 10 milhões de livros nas seis primeiras semanas.
Cinquenta Tons de Cinza é o enredo de uma virgem de 21 anos na Faculdade de Literatura que, após entrevistar Christian Grey para o jornal da faculdade, passa a ter um relacionamento com um magnata e se torna escrava sexual de Grey.
Resolvi escrever um artigo contando 50 pontos para aqueles que esperam em Deus. Ao contrário do Livro, não é um conto ou fantasia. Mas a história verdadeira de quem descobriu que liberdade é não ser escravo de seus próprios prazeres e uma pessoa livre é a que tem o poder de dizer “Não!” para tudo aquilo que nos faz mal. Liberdade não faz escravos.
Que estas palavras fortaleça sua decisão e edifique na sua jornada com Deus:
1.       Tudo chega com o tempo, para quem sabe esperar.
2.       O que vale a pena possuir, vale a pena esperar.
3.       Vale a pena esperar por algo que se terá a vida inteira.
4.       Não espere sentado. Espere de joelhos.
5.       No tempo errado é impossível algo dar certo.
6.       A pressa é inimiga do coração.
7.       A questão não é “o que” esperar, e sim “em quem”. Eu Escolhi Esperar em DEUS.
8.       Deus vai dar aquilo que é melhor para você. Mas necessariamente não quer dizer que é aquilo que você quer.
9.       Esperar com um propósito não é perda, é ganho.
10.   Esperar em Deus é confiar sem reservas.
11.   Nenhuma espera é longa e nenhum caminho é distante, quando você sabe com quem vai encontrar-se.
12.   A ansiedade é a evidência de um coração que ainda não aprendeu a descansar na soberania de Deus.
13.   Quantas vezes nós perdemos as bênçãos de Deus porque elas não estão empacotadas como esperamos?
14.   O coração diz o que é melhor pra você agora, Deus diz o que vai ser o melhor pra você o resto da vida!
15.   Eu escolhi esperar não para ter um final feliz, mas a história inteira.
16.   Está demorando? É porque você ainda não chegou no nível que Deus quer te levar.
17.   Se não vale a pena esperar por aquilo que você orou, então não vale a pena pedir.
18.   Quem não está pronto pra esperar a pessoa certa também não está pronto pra tê-la.
19.   Ilusão pensar que esperar é fácil. Mais ilusão ainda é pensar que não vale a pena
20.   O que importa não é a velocidade em que você caminha, e sim a distância que você percorre.
21.   Se o passo que você der não desafiar a sua razão, não será um passo de fé.
22.   Esperar em Deus não é uma ilusão. Ilusão é achar que você pode viver sem Ele.
23.   Esperar não é perder tempo, é ter a certeza que há um tempo certo pra tudo.
24.   Os que esperam precisam fazer do tempo um aliado e não inimigo.
25.   Deus nunca chega atrasado, nós é que não sabemos esperar.
26.   Não adianta seu corpo esperar se seu coração tem pressa!
27.   Uma das grandes desvantagens de termos pressa é o tempo que nos faz perder.
28.   Sua ansiedade não tira a tristeza do seu amanhã, mas rouba sua força no dia de hoje.
29.   Desesperar-se não resolve o problema, aumenta-o.
30.   A coisa certa, na hora errada, se torna a coisa errada.
31.   A impaciência e a ansiedade estão associadas e nos tiram do lugar de onde jamais deveríamos ter saído.
32.   A ansiedade pode roubar dias de vida, nunca acrescentar.
33.   Tome cuidado para não perder o melhor de Deus por ficar esperando o melhor do seu jeito.
34.   Não adianta colocar as suas inquietudes no altar de Deus se não é capaz de esperar o tempo certo de sua resposta.
35.   Aquele que espera pode dormir tranquilo porque não corre o risco de brincar com o sentimento alheio e nem ferir os seus
36.   No processo da espera, uma vitória só não basta.
37.   Seu foco não é a espera. Seu foco precisa ser seu relacionamento com Jesus.
38.   Esperar em Deus não é só ato de amor, mas também um passo de fé.
39.   Não acredite na mentira que pelo fato de esperar pelo tempo certo, você está perdendo tempo. Daqui alguns anos, você verá qto tempo ganhou!
40.   Não se frustre caso a resposta de Deus hoje tenha sido “não”. Isso revela que Ele tem algo melhor a seu respeito amanhã.
41.   Quem espera em Deus não está parado. Só não percebeu ainda o quanto já caminhou, mas sabe para onde está indo.
42.   A espera só parece longa quando não sabemos o valor daquilo pelo qual perseveramos.
43.   Quando você finalmente encontrar quem você espera, você vai perceber o quanto valeu a pena ter esperado por ela.
44.   Se você espera o melhor de Deus para você então, por favor, seja o melhor de Deus para a vida de quem também te espera.
45.   Escolha seu futuro cônjuge devagar e bem, pois é o único parente que você pode ESCOLHER.
46.   Quando somos novos queremos fazer tudo correndo. Os mais experientes já aprenderam que andando também chegam no mesmo lugar.
47.   De que adianta correr se você está no caminho errado?
48.   Não esperes esperando: espera vivendo, cada segundo na presença do Criador
49.   Se for para Deus. Se for por Deus. Se for com Deus. Tudo vale a pena. Inclusive a espera.
50.   Não vou dizer que é fácil e que nunca deu vontade de desistir, mas vale muito mais a pena continuar.
Por Nelson Jr. / http://www.euescolhiesperar.com

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Justiça obriga reintegração de presbítero da Assembleia de Deus em Pernambuco

Justiça obriga reintegração de presbítero da Assembleia de Deus em Pernambuco

Na decisão, a magistrada apontou que houve “cerceamento de defesa” no processo disciplinar movido contra Cardoso
Da Redação JM


Pastor Presidente Ailton José Alves, presidente da IEAD/PE. Foto: Reprodução

A juíza Alyne Dionísio Barbosa Padilha, 3ª Vara Cível da Comarca de Garanhuns-PE, determinou nesta terça-feira (27) que o pastor Ailton José Alves, presidente da Assembleia de Deus em Pernambuco (IEAD-PE), reintegre ao quadro de membros da denominação o presbítero Giovanne Cardoso de Farias, que havia sido excluído após denúncias feitas ao líder da igreja. O processo disciplinar que motivou a exclusão do presbítero Giovanne Cardoso aconteceu em 2015.
Motivos
O presbítero Giovanne Cardoso é conhecido em Pernambuco. Após seus diversos vídeos de denúncias contra a diretoria da Assembleia de Deus em Pernambuco viralizarem no Youtube, ele se viu às voltas com um processo de desligamento promovido contra si. Segundo consta nos autos, tudo aconteceu sem que seu direito de defesa fosse exercido. Conforme consta na ação, a Comissão e a IEADPE lhe negaram o documento que tinham em sua posse, que é a ata de reunião do dia 22.09.2015, realizada em Garanhuns, que trata do seu processo disciplinar.
Após ser excluído sem a ampla defesa e ao contraditório, o presbítero Giovanne Cardoso protocolou na Justiça daquele Estado uma ação de reintegração aos quadros, que foi deferida liminarmente.
A questão se desenrola, segundo o autor, por retaliação em virtude de denúncias que vão de nepotismo a desvios financeiros. Recentemente, em um de seus vídeos ele denunciou a compra de uma mansão de R$ 4 milhões de reais pelo presidente da Igreja. Também foi notória sua denúncia de contracheques milionários na Diretoria da Igreja, o que ensejou a ida às redes sociais da Igreja do vice-presidente Ailton José Júnior. Mesmo sem apresentar provas em contrário, o vice-presidente anunciou que irá processar o denunciante.
A decisão
Na decisão, a magistrada apontou que houve “cerceamento de defesa” no processo disciplinar movido contra Cardoso e que também “há violação de direitos e garantias fundamentais do cidadão com assento constitucional”.
O fato é que, as provas que acompanham a peça inicial, sinalizam – por ora – que ao Promovente não foi chancelado, em tempo hábil para formular sua defesa, documentos imprescindíveis, como o estatuto da Instituição Religiosa Ré, vez que, apesar de notificado para audiência de instrução administrativa na comissão de ética para o dia 19/12/2015, até o dia 07/12/2015, apesar de reiterar solicitação para acesso de documentos, desconhecia teor da reunião que recebeu denúncia em seu desfavor e desconhecia os moldes do estatuto da Igreja Ré”, pontuou a magistrada em sua decisão em favor do presbítero Geovanne Cardoso.
O presbítero comentou a decisão dizendo que “Deus usa a justiça dos homens para fazer justiça“.
Confira a decisão na íntegra:
Tribunal de Justiça de Pernambuco Poder Judiciário 3ª Vara Cível da Comarca de Garanhuns AV RUI BARBOSA, 479, - até 1061 - lado ímpar, HELIÓPOLIS, GARANHUNS - PE - CEP: 55295-530 - F:(87) 37649074 Processo nº 0005375-41.2018.8.17.2640 AUTOR: GIOVANNE CARDOSO DE FARIAS RÉU: AILTON JOSE ALVES, IGREJA EVANGELICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM PERNAMBUCO PROCESSO nº 0005345-41.2018.8.17.2640 DECISÃO. Trata-se de “AÇÃO DE DECRETAÇÃO DE NULIDADE DE DECISÃO/PROCESSO DISCIPLINAR RELATIVO À IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM PERNAMBUCO (IEADPE), COM PEDIDO DE LIMINAR” promovida por GIOVANNE CARDOSO DE FARIAS contra Igreja Evangélica Assembleia de Deus (IEADPE). Em sede de tutela provisória, pugna a parte autora pelo retorno à posição de presbítero outrora ocupada na Igreja Requerida, vez que o processo que redundou na sua suspensão está eivado de vícios, bem como já decorreu o prazo da penalidade imposta (90 dias). Sintetiza a peça exordial: 1. A Comissão e a IEADPE negaram ao autor acesso, à época do processo disciplinar, ao Estatuto. O que caracteriza cerceamento de defesa. 2. A Comissão e a IEADPE negaram fornecer documento que tinham em sua posse, que é a ata de reunião do dia 22.09.2015, realizada em Garanhuns, onde trabalha, reside e tem domicílio o autor, da qual se originaram as interpretações dos fatos apanhados em seu “facebook” e demais outras questões relativas à insubordinação, em que os denunciantes, orientados pelo Sr. Cândido de Freitas, deflagraram a denúncia, por consequência, o processo disciplinar. O que configura cerceamento de defesa. 3. As pessoas denunciantes, que são partes, não depuseram nem compareceram à fase instrutória, que se deu no dia 19.12.2015, sob protesto do autor. O que também caracteriza cerceamento de defesa e torna a denúncia inócua e ineficaz. 4. As testemunhas de acusação não depuseram nem compareceram à instrução, sob protesto do autor, o que corrobora a falta de demonstração da interpretação dada aos fatos da denúncia e demais outras acusações, tornando-a inócua e ineficaz. 5. A Comissão e a IEADPE negaram ao ora autor o seu depoimento pessoal que, acima de tudo, é meio de defesa e mecanismo de por palavras e argumentos influenciar o julgamento, sem nenhum fundamento jurídico capaz de sustentar tal ofensa ao seu direito fundamental de defesa. O que configura cerceamento de defesa. 6.  A Comissão e a IEADPE indeferiram a ouvida de testemunha de defesa do autor, também sem nenhum fundamento jurídico capaz de sustentar tal ofensa a direito fundamental. O que caracteriza cerceamento de defesa. 7. A Comissão e a IEADPE não elaboraram e, se elaboraram, não deram acesso ao autor do teor do relatório daquela Comissão, base para a decisão do processo disciplinar. O que configura cerceamento de defesa. 8. Ao autor não lhe foi permitido, se houve decisão, acesso a ela, que lhe retirou direitos, sendo apenas notificado de tal decisão. O que configura cerceamento de defesa. 9. Ocorridos os fatos dos Itens 7 e 8 acima, ofenderam o direito de recorrer do ora autor. O que caracteriza cerceamento de defesa e a ineficácia da própria decisão, nos termos do Estatuto da IEADPE. 10. Até a presente data o autor continua suspenso de seus direitos como membro da IEADPE. O que caracteriza ofensa a direito do autor e contraria a própria decisão da Comissão/IEADPE e seu Estatuto, que estabelece 90 (noventa) dias de suspensão. Em arrimo à alegação, amealhou a petição inicial: a) cópia do estatuto regente da instituição religiosa (doc. ID nº 38073167, 38073155 e 38073146); b) Ata de Instalação da Comissão de Ética (doc. de ID nº 38073130); c) Ata da Segunda Audiência da Comissão de Ética dia 19/12/2015 (doc. de ID nº 38073124); d) Requerimentos e reiteração de requerimentos (docs. ID nº 38073099 e 38073107); e) notificação de decisão (doc. ID nº 38073090); f) Ata da Primeira Audiência da Comissão de Ética ( doc. de ID nº 38073083); denuncia (doc. de ID nº 38073078); notificação de audiência (doc. de ID 380073067) Eis o sucinto relatório. DECIDO. A tutela processual definitiva, fundada em cognição exauriente da matéria fática e dos fundamentos jurídicos trazidos em cooperação pelas partes e intervenientes do processo exige, inexoravelmente, um lapso temporal maior para sua consecução em face da sua aptidão à formação da coisa julgada. Deste modo, com a finalidade de evitar os malefícios da espera para concretização da tutela definitiva, o legislador instituiu a possibilidade de, em caráter antecedente ou incidental, formular pedido de tutelas emergenciais, de caráter satisfativo ou cautelar ou, ainda, tutelas fundadas em evidência que importarão, estas últimas, invariavelmente, na satisfação antecipada de parte da tutela final pretendida. No caso dos autos, formulou o autor providência de ordem satisfativa e antecipatória para fins de compelir a Ré a reinvestir o Requerente na qualidade de presbítero. Para o deferimento da tutela provisória de urgência o legislador enunciou dois requisitos essenciais: a demonstração da probabilidade do direito e, ainda, a demonstração do perigo de dano ou do comprometimento da utilidade do resultado final do processo. Analisando a inicial, observo que a autora logrou êxito em demonstrar o fumus bonis iuris, posto que demonstrou, em tese, há violação de direitos e garantias fundamentais do cidadão com assento constitucional. O caso vertente, em análise vestibular, faz confrontar dois princípios essenciais à Democracia, a saber, a autonomia da vontade privada e o da dignidade da pessoa humana, mais especificamente o direito de todo ser humano não ser privado de seus direitos senão diante de um devido processo onde se observa o contraditório e a ampla defesa. Os direitos e garantias fundamentais, assim entendidos como os direitos basilares individuais, sociais e jurídicos com previsão da Carta da República, possuem aplicação direta e imediata, inclusive às relações privadas (art. 5º, §1º, da Constituição da República Federativa do Brasil).          Nessa ambiência, instala-se a Teoria da Eficácia Irradiante e Horizontal dos Direitos e Garantias Fundamentais, eis que os direitos e garantias fundamentais, para além das relações verticais entre o Estado e o Cidadão, devem produzir efeitos também nas relações paritárias entre os particulares. A verdade é que, diante da colisão entre direitos, deve-se buscar a máxima efetividade dos direitos fundamentais. O caso dos autos, em estudo perfunctório e tomando por base a narrativa exordial, denota a não observância da garantia ao devido processo legal, notadamente ao contraditório e a ampla defesa, ambos com assento constitucional no art. 5º, incisos LIV e LV, da Constituição da República Federativa do Brasil. O fato é que, as provas que acompanham a peça inicial, sinalizam – por ora – que ao Promovente não foi chancelado, em tempo hábil para formular sua defesa, documentos imprescindíveis, como o estatuto da Instituição Religiosa Ré, vez que, apesar de notificado para audiência de instrução administrativa na comissão de ética para o dia 19/12/2015, até o dia 07/12/2015, apesar de reiterar solicitação para acesso de documentos, desconhecia teor da reunião que recebeu denúncia em seu desfavor e desconhecia os moldes do estatuto da Igreja Ré. Para mais, alega que não lhe foi oportunizado depoimento pessoal, houve o indeferimento de testemunhas de defesa sem fundamentação, não tomou conhecimento do relatório final, e, por fim, não conhece o teor da decisão que lhe impôs a sanção estatutária comunicada através da missiva de ID nº 38073090. Tudo em descompasso com a imperiosa necessidade da ciência bilateral dos atos e termos processuais e possibilidade de contrariá-los. Inobstante, o postulante foi sancionado com SUSPENSÃO DA COMUNHÃO, nos termos do art. 24, I, “a”, “b” e “c”, e com a consequente PERDA DEFINITIVA DO CARGO DE PRESBITERO, nos termos do art. 54, §º, ambos do Estatuto regente da Igreja Requerida. Sobre o estatuto, Docs. de ID nº 38073130, 38073146 e 38073167, sem minudenciar o mérito da conduta que ensejou a punição disciplinar, faço destacar, sobre o procedimento disciplinar, os art. 36, 38 e 41, a saber: Art. 36. A Comissão promoverá a tomada de depoimentos, acareações, investigações e diligências cabíveis, objetivando a coleta de provas, de modo a permitir a completa elucidação dos fatos; Art. 38. Encerrada a coleta de provas, a Comissão elaborará relatório em que recomendará, se for o caso, a aplicação da medida disciplinar cabível, encaminhando-o, em seguida à autoridade julgadora, que, em 10 (dez dias), proferirá sua decisão, §2º A autoridade Julgadora, pessoalmente, notificará o denunciado da decisão prolatada...; Art. 41. Da decisão de que resultar a aplicação das medidas de advertência ou suspensão poderá ser interposto recurso para a Comissão de Ética e Disciplina, da decisão que decretar a exclusão, poderá ser interposto recurso para a Assembleia Geral. Cumpre salientar, ademais, a fumaça do direito também se traduz no plano legal, pois a jurisprudência dominante no Supremo Tribunal Federal aponta que os princípios constitucionais funcionam como limite à autonomia privada das pessoas jurídicas de direito privado (STF - RE: 201819 RJ, Relator: ELLEN GRACIE, Data de Julgamento: 11/10/2005, Segunda Turma, Data de Publicação: DJ 27-10-2006 PP-00064 EMENT VOL-02253-04 PP-00577).                 Pela cognição preliminar que se extrai dos autos, o não deferimento imediato da tutela pretendida pelo demandante causar-lhe-á prejuízos, visto que o perigo na demora desponta na intranquilidade e aflição impingida ao postulante, eis que limitado no pleno exercício de seus direitos junto à Igreja Requerida, e, em via de consequência, de sua fé, esta aduz – segundo as balizas do credo professado pelo requerente – “E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo” (Romanos 10:17). Por fim, considero não estar presente o óbice do art. 300, §3º do Código de Processo Civil, porquanto não vislumbro a irreversibilidade da tutela provisória satisfativa, uma vez que, a qualquer momento, se apresentados fatos suficientes, a tutela poderá ser revogada e, por conseguinte, cancelado o serviço. Ante o exposto, nos termos do art. 300 do Código de Processo Civil, DEFIRO a tutela de urgência determinando a intimação da ré para imediatamente proceda o REINGRESSO do postulante aos quadros de seus membros na qualidade que anteriormente ocupava – PRESBITERO (doc. de ID. nº 38073175) -, com as respectivas prerrogativas institucionais com previsão nos art. 52 e seguintes do Estatuto regente, no prazo de 15 dias, sob pena de multa diária de R$ 200,00 (duzentos reais), limitada até o importe de R$ 10.000,00 (dez mil reais).    1º) - Cite-se e intime-se a parte ré, pelos CORREIOS, nos termos do art. 26 da Instrução Normativa n. 07/2014 para audiência de conciliação a ser realizada pela CEJUSC, devendo ser citado o réu com pelo menos 20 (vinte dias) de antecedência. ADVERTINDO-A de que se não houver autocomposição, o prazo para oferecer resposta será de 15 (quinze) dias, bem como ADVERTINDO-A de que se não ofertar contestação, no aludido prazo, será considerada revel e presumir-se-ão verdadeiras as alegações de fato formuladas pela parte autora (art. 344 do NCPC). Para ciência da audiência, intime-se a autora, através de seu advogado, eletronicamente. Anexe-se no expediente de comunicação a petição inicial, esta decisão e conte os demais requisitos do art. 250 do Código de Processo Civil. 3º) Ficam as partes cientes e ADVERTIDAS de que o comparecimento, acompanhado de advogados, é obrigatório e que a ausência injustificada caracteriza ato atentatório à dignidade da justiça a ser sancionado com multa de até dois por cento da vantagem econômica pretendida ou do valor da causa (art. 334, § 8º do NCPC). As partes, no entanto, podem constituir representantes por meio de procuração específica, como poderes para negociar e transigir (art. 334, § 10 do NCPC). 4º) Não obtida a conciliação e havendo contestação, intime-se a parte autora para, querendo, apresentar réplica à contestação (art. 350 e 351 do NCPC). UTILIZE-SE O PRESENTE COMO MANDADO/OFÍCIO. CONSIDERANDO-SE O(S) DESTINATÁRIO(S) INTIMADO(S), DO SEU INTEIRO TEOR, PELO SÓ RECEBIMENTO DESTE, dispensada a elaboração de qualquer outro expediente. Intime-se o autor desta decisão para ciência. Cumpra-se imediatamente. Garanhuns/PE, data da validação. Alyne Dionísio Barbosa Padilha Juíza de Direito  Assinado eletronicamente por: ALYNE DIONISIO BARBOSA PADILHA 27/11/2018 11:21:20 https://pje.tjpe.jus.br:443/1g/Processo/ConsultaDocumento/listView.seam ID do documento: 38328135 18112711212068100000037781422

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Stan Lee se inspirou na Bíblia em suas criações, diz editor de quadrinhos bíblicos

Stan Lee se inspirou na Bíblia em suas criações, diz editor de quadrinhos bíblicos

O editor da Marvel foi inspirado na Bíblia na criação de diversos personagens e histórias em quadrinhos

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHARISMA NEWS
Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, morreu aos 95 anos. (Foto: Richard Cartwright/Getty Images)
Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, morreu aos 95 anos. (Foto: Richard Cartwright/Getty Images)
A Bíblia se tornou uma fonte de inspiração para Stan Lee, roteirista e editor da Marvel Comics, que morreu aos 95 anos na segunda-feira (12). A informação foi revelada por Art Ayris, editor executivo da Bíblia Kingstone, que mostra histórias bíblicas em HQs.

“O que muita gente não sabe sobre Lee é que ele não é apenas um extraordinário criador de quadrinhos e provavelmente o mais icônico editor de quadrinhos de todos os tempos, mas que a Bíblia também teve influência nele”, disse Ayris, segundo o site Charisma News.

Stan Lee faleceu após passar mal em sua casa em Los Angeles (EUA) e ser levado ao hospital, onde morreu. Ele sofria de pneumonia e problemas nos olhos.

Stanley Martin Lieber nasceu em 1922, em Nova York, e começou a trabalhar em HQs com o pseudônimo de Stan Lee em 1939. Ele criou super-heróis como Homem-Aranha, Thor, Hulk, X-Men, Pantera Negra, Homem de Ferro, Doutor Estranho e Demolidor.

“Como muitos de seus contemporâneos escritores de HQs, Stan Lee era judeu”, revelou Ayris. “Stan disse que lia a Bíblia e, embora não fosse particularmente religioso, citava a Bíblia como uma importante influência literária. Ele amava a fraseologia das Escrituras e afirmou que ‘definitivamente [a Bíblia] estava em minha mente quando eu escrevia histórias como Thor’”.

Ayris acrescentou: “Muitos dos primeiros escritores de quadrinhos eram imigrantes judeus que tinham um fundo de moralidade judaico-cristã. É por isso que os principais heróis de histórias em quadrinhos foram caracterizados por claramente cortar bons e maus personagens. Eles eram pessoas de moralidade, valores e até mesmo fé. Muitos argumentariam que os super-heróis originais eram personagens do tipo Messias”.

O editor da Bíblia em quadrinhos reconhece o legado deixado por Stan Lee aos escritores de HQs. “De muitas maneiras, sentimos que o trabalho dele abriu as portas para nós. Devido à onipresença da Marvel e da DC Comics em todo o mundo, quando entramos em uma nova região com quadrinhos religiosos no estilo Marvel, somos imediatamente aceitos. Somos gratos por sua influência e busca por quebrar as nossas próprias barreiras na modelagem de seu sucesso e, mais importante, deixar a Bíblia nos influenciar em tudo o que fazemos”.

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Após anúncio de Bolsonaro, outros países planejam mudar embaixadas para Jerusalém

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu tem trabalhado para fortalecer os laços dentro da União Europeia.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO ISRAEL HAYOM
Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu (direita) com os líderes da Bulgária, Sérvia, Grécia e Romênia em Varna. (Foto: EPA)
Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu (direita) com os líderes da Bulgária, Sérvia, Grécia e Romênia em Varna. (Foto: EPA)
Depois que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) declarou ao jornal israelense Israel Hayom que planeja transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém, um alto oficial diplomático disse à publicação que outros países também devem anunciar a transferência de suas embaixadas. A República Tcheca deve ser o primeiro deles a fazer a mudança.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, classificou a decisão de Bolsonaro como “um passo histórico, correto e comovente”.

O oficial disse que o assunto veio à tona no fim de semana, durante uma visita oficial de Netanyahu a Varna, na Bulgária, como parte dos esforços de Israel para fortalecer os laços dentro da União Europeia.
O mesmo oficial revelou que Israel estava examinando a possibilidade de iniciar associações intra-europeias, a fim de diminuir a transferência de fundos para organizações de esquerda. O oficial avaliou que Israel poderia encontrar um terreno comum com muitos países dentro da Europa em sua campanha contra a política de apoio a ONGs anti-Israel.

Netanyahu pediu à primeira-ministra da Romênia, Viorica Dăncilă, que em breve assumirá o papel de presidente rotativa da União Europeia, para usar seu papel para influenciar o tratamento da UE a Israel.
No Fórum de Craiova, em Varna, Netanyahu revelou que Israel recentemente impediu dezenas de ataques terroristas em solo europeu, inclusive na Dinamarca.

Relações palestinas
O oficial ainda revelou que Netanyahu se encontrou recentemente com o ministro das Relações Exteriores de Omã, Yusuf bin Alawi, que estava em Ramallah, na Cisjordânia, para uma reunião com funcionários da Autoridade Palestina.

Oficiais em Jerusalém ficaram impressionados com as observações conciliatórias do ministro das Relações Exteriores, que foram criticadas em todo o mundo árabe.

O oficial se recusou a comentar uma publicação do jornal pan-árabe Asharq Al-Awsat, sediado em Londres, na última sexta-feira (2), segundo o qual Netanyahu deveria visitar outro país do Golfo Árabe em breve.

O ministro das Relações Exteriores palestino em Ramallah se recusou a comentar oficialmente as declarações de Bolsonaro, mas um oficial diplomático palestino disse a Israel Hayom que o líder da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, levantou a questão em uma reunião com o presidente egípcio Abdel Fattah El-Sisi no Cairo no fim de semana.

Abbas compartilhou com El-Sisi as preocupações dos palestinos sobre as intenções de Bolsonaro e pediu ao Cairo para usar sua influência para pressionar os brasileiros a não mudarem sua política externa. O funcionário enfatizou que o Ministério das Relações Exteriores palestino começou a se preparar para a possibilidade de Bolsonaro ordenar a transferência da embaixada e rebaixar o status da embaixada da Palestina em Brasília.

“Ainda é muito cedo para dar passos, porque até agora são apenas declarações”, disse o embaixador da Palestina em Brasília, Ibrahim Mohamed Khalil Alzeben. “Acredito que o sistema político no Brasil irá garantir que o presidente eleito atue de acordo com o direito internacional”.


"Foi Deus quem decidiu", diz Bolsonaro sobre vitória nas eleições

O presidente eleito participou de um culto na Barra da Tijuca e o poder de Deus é a única explicação para ele ter sido eleito.

FONTE: GUIAME
No último domingo (4), o presidente eleito Jair Bolsonaro e sua esposa Michelle participaram de um culto na Igreja Batista Atitude, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Após algumas palavras do pastor Josué Valandro Jr., Bolsonaro deu uma declaração breve, agradecendo a todos que deram um voto de confiança a ele e afirmou que tem pedido a Deus sabedoria e coragem para tomar as decisões certas como presidente do Brasil.

"Estou muito feliz em estar aqui. Local de paz e adoração do nosso Senhor. Em nome Dele eu quero agradecer por ter sobrevivido. E mais ainda, agradecer à missão a mim confiada no último dia 28", disse. "Peço a Ele sabedoria, coragem para tomar as decisões acertadas. Viemos não apenas com uma proposta, mas com a realidade. O firme propósito de mudar a política brasileira".

"Deus decidiu"
Bolsonaro se lembrou de quando decidiu, quatro anos atrás, que se candidataria à presidência do Brasil e reconheceu que não há outra forma de explicar sua vitória nas urnas se não for pela mão de Deus.

"Lá atrás, há quatro anos, quando decidi disputar a presidência, sem recursos, sem partido, sem tempo de televisão, com grande parte da mídia contrária às nossas propostas, mas se isso aconteceu no último domingo, só tem uma explicação: foi Deus quem decidiu", destacou. "Nenhum cientista político conseguiu explicar como o velho garoto que tinha o apelido de palmito ter chegado onde chegou".

"Então, eu quero agradecer à grande maioria dos senhores pelo apoio, a consideração, as orações e a confiança. E como disse aqui o nosso pastor, a partir do ano que vem serei o presidente de todos. Queremos sim seguir os passos de Caxias, o pacificador. Mas com a alma livre, tendo Deus acima de tudo, buscarmos atender a todos aqueles que necessitam", acrescentou.

Bíblia como base
Citando durante toda sua campanha a passagem de João 8.32 como base de seu plano de governo, Bolsonaro voltou a citar a Bíblia como referência, agora também para a escolha de sua equipe, firmados sobre o texto de Provérbios 4.25-26.

"Estamos escolhendo a nossa equipe. Ninguém faz nada sozinho. Como tenho dito, olhe o que Israel não tem e veja o que eles são. Olhe o que o Brasil tem e veja o que nós não somos. O problema já foi identificado", afirmou. "Tenho certeza que dessa forma atingiremos o objetivo que não é meu, mas é de todos nós. E manteremos o João 8.32: 'Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará"

domingo, 21 de outubro de 2018

Batistas e Presbiterianos dizem não para Haddad


Convenção Batista e Igreja Presbiteriana negam que estavam em encontro com Haddad

Pastores dessas denominações que estavam presentes, não estavam representando suas convenções
O candidato da esquerda à Presidência da República Fernando Haddad (PT) esteve nesta quarta-feira (17) reunido com pastores evangélicos em um hotel no centro da cidade de São Paulo. Organizadores disseram que o petista se encontraria com lideranças da Igreja Batista, Igreja Presbiteriana e Assembleia de Deus.
Mas nesta quinta-feira, a Convenção Batista do Estado de São Paulo (CBESP) emitiu uma nota esclarecendo que não enviou representantes para o encontro e nega qualquer envolvimento com a “Frente de Evangélicos Pelo Estado de Direito”, que foram os organizadores da reunião.
Os pastores batistas presentes no encontro, sejam como expositores, sejam os que foram citados, também não falam em nome da CBESP”, diz a nota. O órgão também diz que “dentro do histórico e centenário modo batista de pensar, acreditamos que cada pessoa tem o direito de exercer sua escolha e voto conforme a sua consciência”.
A Igreja Presbiteriana do Brasil, através do reverendo Augustus Nicodemus Lopes, também nega que tenha participado do evento ou que esteja apoiando Fernando Haddad.
Somente para esclarecer, a presença de pastores presbiterianos num evento não representa a IPB. A nossa denominação se faz representar somente por seu presidente, reverendo Roberto Brasileiro, que não estava no evento. E mesmo assim, ele precisaria ter a autorização do Supremo Concílio da IPB para manifestar apoio da IPB a este ou aquele candidato”, declarou Nicodemus Lopes.







Fonte: https://www.jmnoticia.com.br




Livro ‘Em defesa do socialismo’, de Fernando Haddad, traz “ideias produzidas no inferno”, diz pastor


O socialismo e o manifesto comunista de Karl Marx foram alvo de uma obra acadêmica de Fernando Haddad (PT), intitulada Em Defesa do Socialismo e publicada em 1998. Agora, o livro do candidato à presidência da República se tornou parte do debate eleitoral entre opositores ao Partido dos Trabalhadores.
O pastor Joel Engel, fundador da iniciativa missionária Projeto Daniel, que leva ajuda social à África, produziu um artigo sobre o livro de Haddad que traz uma defesa aberta do socialismo, da doutrinação ideológica pregada no manifesto comunista de Karl Marx e também prega a implantação do comunismo.
“Essa ideologia que busca um confronto direto com o cristianismo e causou tantos males a humanidade vem sendo defendida pela alta cúpula do PT há alguns anos. E, assim como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o candidato petista tem grande admiração pelo Comunismo”, destacou Engel no artigo, publicado no portal Guia-me.
No texto, o pastor faz um breve relato do envolvimento de Lula com líderes comunistas internacionais, como Fidel Castro, e a fundação do Foro de São Paulo, uma organização com propósito de influenciar os países da América Latina nos ideais comunistas.
O artigo também cita o envolvimento da ex-presidente Dilma Rousseff com essa ideologia, além de relembrar sua atuação como professora de marxismo em um período anterior à sua atuação política como filiada dos partidos PDT e PT.
“Cristianismo e Socialismo são tão antagônicos quanto pecado e santidade – e não há como concluir o contrário. Principalmente porque a meta dos comunistas é construir um Estado sem influência da cultura judaico-cristã, nem que para isso tenham que destruir as bases morais da sociedade”, argumenta Engel.
Confira a íntegra do artigo:
Um livro escrito pelo candidato a Presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Fernando Haddad, vem ganhando destaque entre os eleitores. Isso porque o livro defende abertamente o Socialismo, doutrinação ideológica que leva a implantação do Comunismo. A obra tem como título “Em Defesa do Socialismo” e foi publicado pela editora Vozes (Petrópolis), em 1998.
Essa ideologia que busca um confronto direto com o cristianismo e causou tantos males a humanidade vem sendo defendida pela alta cúpula do PT há alguns anos. E, assim como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o candidato petista tem grande admiração pelo Comunismo.
Lula fundou juntamente com Fidel Castro, o ditador de Cuba, o Foro de São Paulo, em 1990, que é uma organização comunista com fins políticos, cujo objetivo é influenciar nos países da América Latina para a implantação do Socialismo.
Devo lembrar ainda que, quando jovem, Dilma Rousseff teve aulas de Comunismo, teve grande interesse no Socialismo e chegou a dar aulas de marxismo. Ela iniciou seu contato com essa ideologia aos 16 anos, quando entrou para a organização Revolucionária Marxista Política Operária (Polop). Assim como Lula, Dilma era admiradora do regime cubano, comandado pelo ditador Fidel Castro.
Como já havia dito aqui, em um artigo recente publicado, Cristianismo e Socialismo são tão antagônicos quanto pecado e santidade – e não há como concluir o contrário. Principalmente porque a meta dos comunistas é construir um Estado sem influência da cultura judaico-cristã, nem que para isso tenham que destruir as bases morais da sociedade.
Em seu livro, Fernando Haddad presta homenagem ao “Manifesto Comunista”, escrito que expõe os pensamentos de Karl Marx e Friedrich Engels sobre essa ideologia. Um trecho do tratado defende que o Comunismo deve “abolir estas verdades eternas, quer abolir a religião e a, moral, em lugar de lhes dar uma nova forma”.
Durante entrevista a Revista Época, quando disputava à prefeitura de São Paulo, o candidato do PT declarou: “Eu sou um socialista”. Essa declaração é uma evidência da forte influência que as ideias de Karl Marx e Friedrich Engels têm nos pensamentos de Haddad.
Lembro ainda o fato de Lênin, responsável pela implantação do comunismo na Rússia, ter dito que ‘a guerra contra quaisquer cristão é […] lei inabalável’. O que confirma o interesse dos sociais-comunistas em erradicar a crença cristã.
Fernando Haddad também desenvolveu um estudo intitulado “De Marx a Habermas: o Materialismo Histórico e seu Paradigma Adequado”, quando buscava obter seu título de doutor em filosofia, em 1996. Já para obter o mérito de mestre em Economia, em 1990, o presidenciável do PT escreveu dissertação sobre o “Caráter Sócio-Econômico do Sistema Soviético”, em que faz uma defesa do Socialismo.
Precisamos tomar muito cuidado com esta ideologia perversa, pois em todos os países onde foi instaurado um regime comunista, as liberdades de crença e valores da Igreja foram abolidos. Sem contar o número muito grande de pessoas mortas e perseguidas por ditadores.
Devemos lembrar o que diz a Palavra de Deus, através da orientação de Jesus Cristo: “Cuidado para que ninguém vos engane! Pois muitos virão, usando o meu nome e dizendo: ‘Eu sou o Cristo! ‘ E enganarão muita gente” (Mateus 24.4-5).
Portanto, a ideologia defendida por Haddad, que também é seguida fielmente pelos membros do seu partido, é contrária ao cristianismo. É um modelo de ideias produzido no inferno.
Como disse o evangelista Billy Graham: “O comunismo é uma religião inspirada, dirigida e motivada pelo próprio diabo quem apoia declara guerra ao Deus o todo poderoso”.
Por Tiago Chagas / via noticiasgospelmais.com.br

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Bolsonaro assina compromisso em defesa da vida e contra a ideologia de gênero

Bolsonaro assina compromisso em defesa da vida e contra a ideologia de gênero

Documento é manifesto contrário ao aborto e à legalização das drogas

Reprodução Facebook
Nesta quinta (11) o candidato do PSL Jair Bolsonaro assinou compromisso com o grupo Voto Católico Brasil. Ele recebeu o representante do movimento Luiz Carlos Pugialli em sua casa no Rio de Janeiro.
O presidenciável divulgou os termos do documento, mostrando que se compromete a defender pautas como a vida desde a concepção, a liberdade religiosa. Também afirma que irá combater o aborto, a ideologia de gênero, a pobreza e a escravidão.
Fernando Haddad, do PT, não divulgou se assinará o mesmo documento, uma vez que alguns de seus pontos conflitam com o plano de governo de seu partido.
Reprodução Facebook

Leia na íntegra os termos:

“Assumo o público compromisso de, se eleito for, defender e promover:
– o direito pleno à Vida, desde a concepção até a morte natural, combatendo toda lei ou decisão a favor do aborto, da eutanásia, de pesquisas com embriões humanos e da clonagem humana;
– o verdadeiro sentido do Matrimônio, como união entre homem e mulher;
– a Família, constituída de acordo com o ensinamento da Igreja, e o seu direito de educar os filhos;
– o respeito à Fé Católica e a todos os seus símbolos, ritos, manifestações e templos;
– o ensino religioso confessional;
– o combate à ideologia de gênero;
– o combate à liberação das drogas e da prostituição
– o combate à pobreza e a qualquer forma de escravidão;
– melhorias indispensáveis nas áreas da saúde, segurança e justiça, educação, moradia, saneamento básico, transportes, meio ambiente e demais direitos básicos dos cidadãos;
– a gestão honesta e limpa do poder e dos recursos públicos.
– o combate ao ativismo judicial, caracterizado pela usurpação das atribuições do Poder Legislativo pelo Poder Judiciário.
Assumo, desta forma, o compromisso de me empenhar ao máximo para a aprovação e/ou sanção de leis e dos mais diversos atos destinados a promover e a dar maior garantia aos valores inalienáveis e demais direitos acima especificados. Consequentemente, me comprometo a não permitir ou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para que não sejam aprovadas e/ou sancionadas leis e decisões, de qualquer natureza, contrários aos mesmos valores inalienáveis e direitos acima”.
por Jarbas Aragão / via noticiasgospelmais.com.br