segunda-feira, 25 de maio de 2015

Jornalista critica piadas de Lula sobre evangélicos e diz que “o PT é muito mais enganador que o diabo”

A fala de Lula ridicularizando pastores evangélicos, que supostamente, segundo ele, culpariam o diabo por tudo, continua repercutindo. Agora, quem criticou o ex-presidente foi o jornalista Reinaldo Azevedo, que é católico.
Azevedo escreveu um artigo em sua coluna no site da revista Veja dizendo que a resposta dada ao ex-presidente pelo pastor Silas Malafaia foi “exemplar”, e na mesma linha de pensamento, afirmou que “o mensalão, o petrolão, o dossiê dos aloprados, essas sem-vergonhices todas, não são obras do diabo, mas do PT”.
“O diabo, Lula, é mais ambicioso e, à sua maneira, mais sofisticado do que o partido. Ele quer almas; o PT quer dinheiro; o diabo quer a renúncia a Deus; o PT se contenta com a adesão de antigos inimigos; o diabo exige uma conversão sincera — é a moral do mal —; o PT se contenta com o apoio dos oportunistas”, disparou Azevedo.
Para o jornalista, a piada de mau gosto feita pelo ex-presidente é “uma simplificação grosseira, estúpida”, da religião cristã e afirmou que o Partido dos Trabalhadores consegue ser pior do que o próprio diabo “em muitos aspectos”.
“O PT é muito mais enganador e trapaceiro do que o diabo. É mais vigarista também. O diabo exige a conversão ao mal em troca de benefícios; o PT tenta provar que a lambança é o único caminho virtuoso que pode conduzir ao bem. O diabo, Lula, que deve ser evitado de todas as formas, consegue ser ainda mais sincero do que o petismo, compreende?”, criticou.

Ao final, Azevedo disse que esse episódio deve ficar como uma lição: “Espero que os evangélicos, de todas as denominações, tenham entendido o que Lula realmente pensa sobre sua fé”, concluiu.
Por Tiago Chagas / via gospelmais.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário