terça-feira, 15 de abril de 2014

Ituano louva a Deus pelo “milagre” do título paulista: “Quem der crédito a Palavra de Deus recebe bênçãos sobre a Terra”

Ituano louva a Deus pelo “milagre” do título paulista: “Quem der crédito a Palavra de Deus recebe bênçãos sobre a Terra”De quase rebaixado em 2013 para campeão do campeonato paulista em 2014, o Ituano viveu momentos mágicos ao eliminar três dos quatro principais times de São Paulo no campeonato estadual e levantar a taça no Pacaembu.

“Deus tem honrado o trabalho das minhas mãos”, disse Doriva, técnico do time. O “milagre”, segundo ele, aconteceu única e exclusivamente por intervenção divina e por isso “toda a glória é do Senhor Jesus. É por Ele e para Ele todas as coisas na minha vida. Eu louvo a Ele por que Ele tem honrado o trabalho das minhas mãos. Ele está acima de tudo. É honra de Deus sobre a Terra. Quem der crédito a Palavra de Deus recebe bênçãos sobre a Terra. Eu louvo a Deus por isso”, disse Doriva ao vivo durante a transmissão da TV Globo.
Bem humorado, o treinador respondeu durante a coletiva de imprensa que sua religiosidade não o deixa falar palavrão. “Esse título é uma bênção de Deus sobre nós, é Ele agindo em nossas vidas. É difícil controlar, mas não falei palavrão”, disse ele que é um “Atleta de Cristo” e um dos responsáveis por algumas das várias demonstrações de fé em Deus da equipe do Ituano. Antes das partidas os jogadores se reúnem e fazem fervorosas orações, como é possível ver no vídeo motivacional exibido para a equipe antes da final paulista deste domingo.
Mas não foi só o técnico que louvou a Deus pelo título, Josa, o capitão da equipe, também fez questão de ressaltar a importância de Deus para o Ituano ao dizer que vai “levantar a taça porque estou com a braçadeira. Mas a glória e honra é do Senhor. A ‘Família Ituano’ sabe que a gente lutou, brigou. Foi uma final nos pênaltis, uma final dolorida. Foi Deus quem colocou para nós”, disse ele para a Sportv.
Vários jogadores estavam vestindo camisas com alusão a Deus, como “100% Jesus” e “a vitória é nossa mas a glória é de Deus” e ainda em campo fizeram uma grande oração após o goleiro defender o penalti que decretou o título para o time de Itu.
ituano
Mais cauteloso, o experiente Juninho Paulista também viu ação de Deus no caso mas ressaltou que Ele olha para todos. “Os caras mereceram, Deus é grande. É claro que Deus olha para todo mundo, mas o que esses caras fizeram no campeonato, não é fácil”, disse ele em entrevista ao Terra.
Outro time considerado pequeno que surpreendeu nesse Campeonato Paulista foi o Penapolense que chegou até a semi-final repleto de jogadores evangélicos. Um deles chegou a gritar o slogan de uma igreja para as câmeras da TV Globo após marcar um gol.
 
Por Renato Cavallera para o Gospel+

Nenhum comentário:

Postar um comentário