terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Reality show mostra igrejas à beira da falência e oferece consultoria a pastores para saudar dívidas

 
Reality show mostra igrejas à beira da falência e oferece consultoria a pastores para saudar dívidas
A onda de reality shows sobre evangélicos chegou às finanças das igrejas através de um programa do canal NatGeo.
Visite: Gospel +, Noticias Gospel, Videos Gospel, Musica Gospel
 
Recentemente, canais de TV por assinatura dos Estados Unidos lançaram programas que mostram a rotina de extravagâncias de pastores milionários pregadores da teologia da prosperidade ou a rotina das filhas adolescentes de pastores pentecostais.
 
Agora, a proposta do NatGeo é mostrar que igrejas evangélicas têm problema de caixa e que é preciso ajuda de especialistas para contornar a ameaça de falência. Apresentado por três pastores/consultores, o programa mostra semanalmente uma denominação que precisa por as contas em ordem.
 
“Para tocar uma igreja é preciso mais do que fé. Três ministros visitam organizações evangélicas e corrigem seus problemas financeiros para que possam continuar a espalhar a mensagem de Deus”, diz o site oficial do programa Church Rescue (“Resgate de Igrejas”, numa tradução livre para o português).
 
Os pastores/consultores em questão são Kevin “Rev Kev” Annas, Anthony “Gladamere” Lockhart e Jerry “Doc” Bentley, que tentam convencer os líderes das igrejas endividadas a corrigir os problemas. “Eu sei que os pastores acreditam no que estão pregando, mas às vezes é preciso uma perspectiva de fora como a nossa para mostrar outro ponto de vista. Eles acabam percebendo que estamos pelejando por eles”, disse Kevin ao site Examiner.
 
Desde a crise econômica de 2008, diversas denominações independentes fecharam as portas nos Estados Unidos. “Ser uma igreja menor é como ser um pequeno negócio: tem suas desvantagens [em comparação com as grandes organizações]. A única coisa que todos eles compartilham é a paixão pela palavra”, comentou o pastor Kevin, lembrando que os fiéis têm contribuído menos devido às dificuldades financeiras que toda a classe média norte-americana vem enfrentando.
 
Nos seis episódios que já foram ao ar, casos de igrejas que se endividaram por falta de organização administrativa ou por aumento do custo de obras em templos são os mais comuns. O pastor Kevin frisa que a proposta do programa não é interferir na questão doutrinária, e sim, auxiliar nas finanças.
 
“Acreditamos que a cada igreja tem um DNA único, uma proposta única. Acho que temos de nos concentrar mais no que nos torna únicos, naquilo que Deus nos deu e nos criou para ser dentro de nossa comunidade local”
 
 
Por Tiago Chagas, para o Gospel+
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário