sábado, 19 de novembro de 2011

JORNALISMO TENDENCIOSO

Repórter da Record abandona emprego após insatisfação

Carlos Dorneles, um dos repórteres mais experientes da televisão brasileira, pediu para sair da “TV Record”. Ele se mostrou insatisfeito com a maneira como vem sendo conduzido o jornalismo na emissora, que investe em reportagens para tentar desqualificar os rivais religiosos da Igreja Universal, como no programa Domingo Espetacular, exibido no último domingo, atacando o movimento pentecostal.

Em meio à uma crise de audiência, aparentemente a situação está sendo contornada, mas o clima entre os profissionais que compõem o jornalismo da emissora não é bom.

Além de Dorneles, outros repórteres renomados, com longa passagem pela “TV Globo”, têm se mostrado incomodados com as novas orientações do jornalismo, voltada para recuperar a audiência perdida. “Não estou fazendo jornalismo, estou fazendo entretenimento”, desabafou um profissional da emissora que preferiu não se identificar.

O maior alvo das reclamações é o editor Rafael Gomide, responsável pelos programas “Câmera Record” e “Repórter Record”. Também é Gomide que assina a reportagem sobre o “cai-cai” nas igrejas pentecostais.

Durante os Jogos Pan-Americanos, o veterano Paulo Henrique Amorim, apresentador do “Domingo Espetacular”, teve um desentendimento com Gomide, e esta se tornou pública. “Comigo você não mexe”, teria dito Amorim ao editor.

Fonte: CREIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário